Como não decorar a sua casa

Dicas de situações a evitar na decoração de interiores

Por vezes, quando estamos a decorar a nossa casa, olhamos para o resultado final e nem sempre gostamos. Muitas vezes nem sabemos muito bem o que nos desagrada, mas temos consciência que algo falhou. O que acontece é que, por vezes cometemos erros decorativos na combinação das peças que temos ao nosso dispor. A decoração de interiores não é um puzzle fechado, onde cada peça encaixa apenas na sua própria posição, todavia há alguns aspetos que deverão ser tidos em conta na hora de decorarmos os ambientes, para que o produto final apresente um aspeto agradável, bonito, confortável e prático.

A seguir, apresentamos alguns dos “erros decorativos” mais comuns:

  • O tamanho dos móveis deverá ser proporcional aos espaços onde aqueles se encontram. Não será boa ideia colocar uma cama grande num quarto pequeno, ou uma televisão pequena numa sala enorme. Deve respeitar-se o equilíbrio proporcional entre os espaços e os objetos.
  • A decoração deve ser bonita, mas também prática, atendendo às necessidades da família. Não fará grande sentido comprar um sofá de dois lugares quando há três pessoas em casa, ou comprar mobiliário muito frágil ou que se suja facilmente quando há várias crianças em casa.
  • A escolha das cores das paredes deve proporcionar tranquilidade e equilíbrio emocional. Além disso, deve ter em conta a combinação das cores das paredes com os móveis e outros objetos decorativos mais marcantes

 

Decoração colorida

Um exemplo de exageros na decoração

 

  • Tal como acontece com a cor das paredes, também é necessário ter atenção na utilização dos estampados e misturas de cores, pois o exagero da mistura de cores aumentará as possibilidades de se cometer um erro decorativo, pela confusão criada e por não sobressair a dominância de uma ou duas cores.
  • Também a iluminação interfere muito com a decoração dos ambientes interiores. Muitas vezes, a iluminação altera as cores das paredes e dos móveis, podendo criar uma decoração interior muito diferente da pretendida.
  • A decoração de interiores deve seguir uma linha decorativa, embora, por vezes, se consigam bons resultados, combinando elementos de decoração rústica com elementos de decoração moderna. A família deve entender-se quanto ao estilo decorativo a adotar, pois se cada um escolher as suas peças sem pedir a opinião ao outro, o resultado poderá não ser o melhor.
  • Não se deve cair em exageros. Colocar muitas peças não é sinónimo de uma boa decoração. O resultado obtido será uma grande confusão, onde não há um objeto que se destaca.

Deixe o seu comentário

Comentários (2)

  1. Pingback: Casas decoradas | Decoração de Interiores

  2. Olá, gostaria da ajuda de vocês…
    Estou planejando decorar meu novo quarto.
    Todos os dias idéias novas passam pela minha cabeça e tenho medo de escolher uma das idéias e acabar escolhendo errado.
    Não é um quarto muito grande e não posso gastar muito…
    Creio que a experiência de vocês me ajudaria muito.
    Obrigada!

    Aguardo ansiosamente pela resposta!